PLANEJANDO UMA HOLDING

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Vai abrir uma empresa? Ganhe uma consultoria gratuita.

Cuidado para não pagar imposto demais.

Para uns é uma empresa, para alguns uma solução e para outros uma palavra sem sentido algum, bom, vou descrever da forma mais simples que conseguir esta palavra para que qualquer pessoa passe a entender melhor o tema.

Holding é uma atividade empresarial, onde significa que a empresa que tenha esta atividade listada em seu CNPJ gerencia outras empresas e/ou possui parte delas.

Para quem já ouviu falar no conjunto de palavras como Holding Patrimonial ou Holding Familiar, podemos dizer que a atividade da empresa é a mesma, não importa como você irá chamar a Holding, mas entenda que a atividade principal é a mesma, é a gestão de outras empresas, sendo assim patrimonial remete aos bens que esta empresa tem e o termo familiar remete que estes bens fazem parte da mesma família ou famílias que juntas construíram a empresa.

Agora quando falamos sobre planejamento temos diversas áreas envolvidas como o tributário, societário, sucessório etc. estes são os principais quando estamos pensando na Holding, e por qual motivo, muito simples, com esta atividade empresarial podemos planejar a perpetuidade de uma empresa e manter todo o patrimônio construído dentro da família ou grupo econômico.

Vamos simplificar, pense assim:

‘Maria’ tem uma empresa ‘XYZ Ltda’, com grandes estoques, uma fábrica grande, uma carteira de clientes, próspera e com lucros ótimos, além de ser casada pela segunda vez, e ter 2 filhos menores e 1 maior.
Uma tragédia ocorreu e ela faleceu.
Neste momento será aberto o processo de inventário, que terá custos com advogado, taxas, cartório, impostos e pode se arrastar por longos anos.
A empresa, foi ficando sem gestão com brigas na família, pois todos agora querem uma parte do que ela construiu, até o ex-marido apareceu, e os reais herdeiros lutam pelos seus direitos e para isso vão gastando tudo que tem.
Até o ponto da empresa se tornar um negócio com prejuízo e precisa ser fechada, e todo o dinheiro da família acaba.

Esta história é uma ficção, mas retrata a realidade, pois isso já aconteceu e pode acontecer com qualquer empresa, para que não ocorra estes casos temos os planejamentos sucessórios ou também chamados de blindagem patrimonial, pois tem a finalidade de proteger a empresa e tudo que existe nela em casos de falecimento de um ou mais sócios, assim suas famílias, herdeiros legítimos estarão assegurados, além de economizarem com o processo de inventário.

Mas atenção, ter a atividade de holding em seu CNPJ não é a mesma coisa que fazer um planejamento sucessório ou blindagem patrimonial, pois para isso é necessário todo um levantamento de dados, análise, desenho de cenário com apoio de especialistas na área para que juntos elaborem todos os documentos necessários e decidirem quais caminhos tomar para efetivamente economizar muito dinheiro, impostos, taxas e manterem seus patrimônios.

Você já pensou sobre isso, mesmo que não tenha fortunas hoje é possível fazer bons planejamentos e sempre revisá-los conforme sua empresa for crescendo, adquirindo outras ou aumentando seu capital.

A Marongio Contabilidade está a sua disposição para analisarmos o seu caso e conversarmos sobre este assunto, se gostou, curta, comente e compartilhe com outras pessoas.

Vai abrir uma empresa? Ganhe uma consultoria gratuita.

Cuidado para não pagar imposto demais.

Veja outros artigos

BENEFICIOS FISCAIS NOS TRANSPORTES

Já falamos sobre benefícios fiscais em outro momento em nosso blog (https://marongio.com.br/blog/beneficios-fiscais/) agora quero trazer uma visão mais especifica para um determinado segmento, pois sabemos

Leia mais +