Abra seu MEI de forma simples

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Vai abrir uma empresa? Ganhe uma consultoria gratuita.

Cuidado para não pagar imposto demais.

Para começar o que é MEI? É o Microempreendedor Individual, uma empresa que chamo de ‘bebê’ pois tem CNPJ (cadastro nacional de pessoa jurídica) e passa a ser separado do seu CPF (cadastro de pessoa física). É neste momento que uma pessoa física ‘vira duas’, em sentido jurídico, financeiro e organizacional.

Quando você abre este MEI passa a ter uma empresa bebê e que terá que cuidar para que ela cresça e comece a ter lucros para pagar você mesmo, será sua fonte de renda, pense que o seu CNPJ é o ‘patrão’ do seu CPF, então precisa separar as contas (o dinheiro que entra e sai), aqui use conta bancárias, envelopes coloridos, carteiras distintas tudo que seja para organizar cada lado seu “lado A CPF” “lado B CNPJ”.

Preparado para organizar sua vida após o MEI, então vamos a prática, abrir de fato esse CNPJ de MEI.

Primeiro passo:

Ter a senha do sistema GOV.BR vinculada ao seu CPF e que você irá acessar muitas outras coisas, neste link no botão verde você faz seu cadastro; 

Link: https://sso.acesso.gov.br/login?client_id=contas.acesso.gov.br&authorization_id=176ced12d3d

Segundo passo:

Ir ao site do Empreendedor que hoje está dentro do portal do gov.br e se cadastrar [Formalize-se], pedirá a senha do GOV.BR e depois você deve preencher os dados faltantes de cadastro, como documentos pessoais, endereço e atividades que irá executar, confirme todas as declarações finais e pronto, seu CNPJ estará criado.

Link: https://www.gov.br/empresas-e-negocios/pt-br/empreendedor/quero-ser-mei

Terceiro passo:

Agora você precisa do número de cadastro municipal em sua cidade, neste passo cada município funciona de uma forma (Estado de São Paulo), via protocolo, sala do empreendedor, via sistema online, você precisa verificar em sua prefeitura, e se você for um prestador de serviços também irão orientar em como ter acesso ao sistema de emissão de notas fiscais de serviço que hoje em sua maioria é eletrônica via site da própria prefeitura.

Quarto passo (caso emitida notas de mercadoria):

Deverá preencher uma solicitação de Senha do Posto Fiscal Estadual, este passo falarei exclusivamente para o estado de São Paulo, após preenchido deverá agendar e entregar no Posto Fiscal da sua região e irá retirar uma senha emitida eletronicamente (este processo não foi automatizado totalmente) e com esta senha em mãos deverá ir a uma gráfica para solicitar a emissão do talão de notas de mercadoria, o MEI tem a permissão de emitir notas manuais.

Pronto! Agora é trabalhar, fazendo o seu melhor serviço e/ou entregando seus melhores produtos ao cliente.

Se estiver com dúvidas sobre o processo, qual atividade, se seu endereço poderá ter uma empresa, se você deve emitir notas de serviço ou mercadoria etc. procure um profissional para lhe auxiliar em cada passo e tirar suas dúvidas.

A equipe da Marongio Assessoria Tributária tem diversos materiais e conteúdo para lhe auxiliar, fique à vontade em nos procurar.

Vai abrir uma empresa? Ganhe uma consultoria gratuita.

Cuidado para não pagar imposto demais.

Veja outros artigos